Segredos do Facebook: você sabe como funciona o EdgeRank?

por | out 26, 2016 | 0 Comentários

Já imaginou se tudo o que seus amigos do Facebook e as páginas que você acompanha postassem aparecesse para você? Milhares de mensagens para encontrar algo interessante? O facebook também reparou nisso e desenvolveu um mecanismo chamado Edgerank para selecionar o que você vê. Mas, como ele funciona?

Excesso de conteúdo no timeline do facebook

edgerankJá parou para pensar no tempo que você levaria para ver todas as fotos das festas, as mensagens compartilhadas, os comentários nos mais diversos tipos de conteúdo, a publicação daquela página do amigo que você curtiu só para fazer o social? Seria o caos! Usuários do Twitter frequentemente se veem inundados de informações, textos curtos, de até 140 caracteres, num ritmo maior do que são capazes de acompanhar – algo inviável para o Facebook, onde fotos, vídeos e textos longos aparecem frequentemente.

Para evitar este desagradável cenário, a rede social de Mark Zuckerberg desenvolveu um algoritmo de classificação de conteúdo. Chamado de EdgeRank, é ele que seleciona quem ou o que vai aparecer em seu feed de notícias!

Atualizado em agosto de 2013, o EdgeRank é fundamental para o desenvolvimento efetivo das suas ações digitais na plataforma. Vamos conhecê-lo melhor?

Removendo o que não nos importa – O Edgerank em ação

A função do EdgeRank é única e exclusivamente filtrar o excesso de conteúdo que é recebido no feed de notícias. A ideia é simples: mostrar aquilo que o usuário tem mais interesse em ver. Ou seja, boa parte do que sua empresa publica não aparece para todos os fãs. Para atingir uma maior parcela do seu público, é necessário investir em anúncios ou gerar conteúdo relevante, que desperte o interesse de seus fãs.

Para classificar as interações dos usuários, são utilizados três conceitos: afinidade, relevância e time decay (ou tempo de declínio em português).

Edgerank parte 1: Afinidade

Quanto maior a sua interação com o usuário ou página, maior sua afinidade. Quanto maior a afinidade, maior a chance do seu conteúdo ser visualizado no feed de notícias do seu fã. Interação significa curtir, comentar, compartilhar, conversar no chat, etc. Se a sua empresa não interage com o público, menor a chance de conseguir ser vista sem investir no recurso “impulsionar publicação”.

Observe que a atualidade também entra na conta, de modo que os novos amigos e páginas curtidas terão prioridade durante certo tempo. Caso a interação, ou engajamento, não seja satisfatório, aos poucos a informação deixa de ser apresentada na página do seu cliente.

Edgerank parte 2: Peso ou Relevância

Esse é um item importantíssimo: diferentes conteúdos têm pesos diferentes. Fotos e vídeos são os mais importantes, seguidos de postagens com links externos e conteúdo somente textual.

Mas atenção: uma publicação que traz apenas texto, mas recebe curtidas e comentários dos seus amigos, ganha um peso maior. Ou seja: uma postagem bem redigida pode superar postagens com fotos ou vídeos, desde que seja atrativa para os seus amigos.

Edgerank parte 3: Time Decay ou Tempo de Declínio

O Tempo de Declínio era, até agosto deste ano, um parâmetro também simples: o que era mais atual era também mais relevante. Quanto menor o tempo entre a postagem e o acesso do usuário, maior a chance do seu fã visualizá-la na timeline.

Story Bumping: a novidade que muda muita coisa

storybumping

A principal mudança anunciada em agosto foi o Story Bumping, sistema agregado ao EdgeRank que traz ao topo da timeline as postagens importantes para determinado usuário que ainda não as viu.

Lembra do conceito de Tempo de Declínio? Então, o Story Bumping traz à timeline as postagens relevantes para cada usuário, mesmo que já sejam “antigas”. Dados da rede social apontam que antes da mudança, 57% das publicações relevantes eram vistas pelos usuários. Com a mudança, o índice salta para 70%.

Lembre-se que o EdgeRank é uma classificação válida para os posts espontâneos, de conteúdo, chamados posts orgânicos. As publicações patrocinadas têm sempre prioridade em relação a qualquer outro conteúdo.

Portanto, para aparecer de graça é preciso criatividade e engajamento do público.

Viu que bacana? Entender o funcionamento do EdgeRank é fundamental para melhorar o desempenho da estratégia da sua empresa na rede social. Assim você conseguirá otimizar o conteúdo produzido, aumentar o alcance de suas publicações. Se você ainda tem alguma dúvida, deixe-a nos comentários que responderemos a seguir.

Abraços

Caetano Notari

Artigos recomendados:

É melhor publicar no facebook ou no meu blog?

Curtiu?

Compartilhe nas mídias sociais.